free web stats

O que é Search Engine Optimization (SEO)?

Se você deseja ganhar dinheiro com o seu blog, você precisa ser competitivo e destacar-se no meio da multidão, não é mesmo? É a aí onde entra a componente SEO, uma das técnicas que você precisa conhecer para chegar ao seu objectivo. Este artigo vão ajuda-lo a compreender a essência do SEO da forma mais simples possível.

SEO é uma sigla em inglês de Search Engine Optimization, que significa Optimização para motores de pesquisa, que consiste num conjunto de estratégias a serem usadas para colocar um website nos primeiros resultados dos sites de pesquisa/busca (Google, Bing, Sapo, etc) e para aumentar a classificação do site na internet (Pagerank).

 

SEO na Teoria

Nós todos sabemos que os clientes que mais trazem lucros para as lojas e estabelecimentos comerciais, são aqueles que não se preocupam muito com detalhes, não investigam preços em várias lojas diferentes antes de comprar um produto, não olham para o selo de proveniência, não avaliam a qualidade, apenas olham para a montra e compram – e só mais tarde verificam se o produto corresponde a o que precisavam, ou não.
Na internet também é assim, o grosso das pessoas que procuram conteúdo na internet olham sempre o que aparece primeiro nos resultados, e só depois de entrarem na página é que vão saber se realmente o conteúdo é aquele que procuram, Por essa razão, é importante que você esteja sempre nas primeiras posições nas pesquisas do seu nicho de mercado.

Em termos genéricos, mesmo que o seu conteúdo não vá satisfazer os utilizadores que chegarem ao site/blog através de motores de busca, se você estiver em primeiro lugar, você terá mais tráfego que os demais. Porém é improvável que você permaneça em primeiro lugar nas pesquisas do Google, por exemplo, se a experiência que os utilizadores têm no seu site for negativa.

É importante que haja uma combinação consistente entre o que você promete e o que você dá. Se você promete que vai ensinar as pessoas a fazer pulseiras artesanais, você tem que ensinar a fazer pulseiras artesanais e deixar as pessoas satisfeitas com os seus ensinamentos, caso contrário, as pessoas irão aprender com outra pessoa, e aí você vai perder o seu lugar para quem realmente ensina.

Se você deseja ser líder no seu nicho de mercado, você precisa ir de acordo com as necessidades dos seus clientes, melhor do que a concorrência. Essa é a essência do SEO, mas na prática isso é muito mais complexo e cabeludo.

SEO na Prática

Quando publicamos alguma coisa no nosso blog, depois de algum tempo os mecanismos de pesquisa procuram na rede (através de robôs) e adicionam automaticamente o conteúdo aos seus directórios e passado algum tempo, aquele conteúdo passa a estar disponível para quem procurar por ele ou por algo relacionado na Web. A este processo chamamos de indexação.

Nem todo o conteúdo é indexado pelos motores de busca (e nem deve), você precisa escolher o que quer mostrar para as pessoas. Por padrão, a sua plataforma de blog permite a indexação de tudo o que você publica, até aquilo que talvez não sirva para nada. Ao estudar o seu sistema (Blogger, WordPress, Joomla, etc.) e definir o que pode e o que não pode ser indexado, você estará aplicando uma técnica de SEO.

Nem todo o conteúdo é indexado da mesma maneira, você precisa definir de que forma os utilizadores verão o seu conteúdo nos resultados, assim como de que forma os robôs irão lê-lo. Existem atributos padronizados na Web que servem para classificar o conteúdo na Web. Ao usar os atributos correctos nos seus diferentes tipos de conteúdo, você estará aplicando outra técnica SEO.

Eu vou agora listar um conjunto de técnicas de optimização de sites para motores de pesquisa que você pode e deve aplicar no seu site…

 

Técnicas SEO

Descrição:Esta é uma técnica especialmente virada ao SEO. Consiste em descrever o conteúdo que você publica para facilitar que os leitores saibam o que vão encontrar no seu site ou artigo. Você deve usar toda a sua criatividade para convencer ao utilizador, que o seu site oferece a melhor opção ao que ela procura.

Descrição de Pesquisa

Exemplo de descrição de Pesquisa da página inicial do Blog Imagens Giras.

Você deve criar uma descrição para o seu site no Geral e outras para cada página e artigo que você publica.
Exemplo de descrição de Pesquisa da página inicial do Blog Imagens Giras.

Tags: São etiquetas que você usa para identificar a natureza do seu conteúdo. São palavras soltas recorrentes na página ou no artigo, palavras que resumem o artigo ou o site, são chamadas em SEO de palavras-chave (keywords), Coloque tags para o seu blog no geral e em todos os seus artigos.

Uso de keywords: Uma vez que você já definiu quais são as palavras que resumem o seu artigo, você deverá garantir que elas tenham uma grande presença dentro do artigo em questão – sim você deve naturalmente (sem prejudicar a experiência dos utilizadores) aparecer repetida, porém contextualizada algumas vezes no artigo ou na página.

Não tente manipular os mecanismos de pesquisa criando descrições e abusando de keywords, você poderá ser penalizado por isso, faça tudo de forma natural.

Permalinks personalizados: Verifique sempre se o link permanente para o seu artigo contém as palavras chave do mesmo e evite criar links muito compridos.

Optimizar os títulos: Não “enrole” as pessoas com títulos longos, além de aparecerem cortados nos resultados de busca, essa é uma péssima forma de perder visitas. Diga a elas o que você quer mostrar da forma mais objectiva e apelativa possível. Resuma o seu artigo no título e lembre-se sempre de incluir as palavras-chave nele.

Optimizar imagens e links: Coloque sempre um atributo “alt” nas suas imagens e descreva todos os seus links. A única forma de os “buscadores” saberem o que a sua imagem apresenta é através da descrição que você dará a ela.

Originalidade: Apresente conteúdo original, crie seu próprio conteúdo. Querer ganhar dinheiro com blogs copiando conteúdo alheio é uma péssima ideia.

Link Building: Se você tem conteúdo original e atractivo, automaticamente as pessoas irão gostar e recomenda-lo em seus próprios sites e nas midias sócias, etc. Quanto maior for a reputação do site que indica o seu conteúdo através de links, melhor é para você.

Algumas vezes você poderá recitar conteúdo já publicado no seu blog. Crie links para seu próprio conteúdo de forma natural dentro dos seus artigos.

Existem outras técnicas mais simples como: o nome do domínio, os cabeçalhos, o tamanho dos seus textos (quanto maior melhor), remoção de links quebrados, redireccionamentos, etc…

Um webmaster tem que saber que a maior parte das ideais que ele tem para seu website, já foram aplicadas e já existem quem tenha pensado em outras para superar a sua. É imperioso que estejamos sempre de olho no que os concorrentes têm feito e nas actualizações que os mecanismos de busca efectuam. Isso será determinante no seu trabalho. Em internet não existem técnicas definitivas. Existem técnicas que eu nunca ensinarei aqui, mas você poderá aprender e testar por conta própria.

Mas não precisa ser tão complicado assim. Hoje existem diversas empresas dedicadas exclusivamente ao SEO, você pode contratar uma delas ou um profissional na área para cuidar dessa parte do seu empreendimento.

Em Moçambique não existe nenhuma empresa dedicada exclusivamente a isso. Mas não se desespere. Você pode contratar o Matope José para fazer a consultoria SEO do seu site e ajudá-lo a levar o seu site ao sucesso e mais dinheiro no seu bolso.

Matope José

Empreendedor e Consultor. Escreve sobre Marketing Digital, Empreendedorismo Online e Oportunidades de Negócios Digitais.

Comments are closed