free web stats

Redes Sociais Para Pequenos Negócios

As redes sociais vieram para ficar e para quem tem pequenos negócios esta é a hora de usá-las ao seu favor… Blogs, Facebook, Twitter, Youtube… e mais uma lista enorme de redes que concorrem para o crescimento de seu negócio, ampliando a sua base de clientes e ajudando-o a ganhar mais dinheiro. Muitas pequenas empresas já começaram a usar as rede sociais para aumentar os seus lucros. A maior parte delas vai com tanta sede ao pote que acaba cometendo vários deslizes no caminho. Neste artigo irei falar um pouco sobre aspectos a ter em conta caso deseje entrar em acção. Eu vou responder a todas as perguntas que você precisa saber, incluindo:

  • O que é uma rede social?
  • Que tipos de rede social o seu pequeno negócio deve usar?
  • Quais são os primeiros passos nas redes mais importantes?
  • Como usar as redes sociais para aumentar seus lucros?
  • Que estratégias e ferramentas irão ajudá-lo a crescer rapidamente?
  • Quais são os perigos das redes sociais?

Conhecimentos Básicos sobre redes sociais

Vamos começar com um verdadeiro tour básico no mundo maravilhoso e complexo das redes sociais. O que é rede social? Rede social é qualquer site ou aplicativo que permite que os utilizadores partilhem conteúdo e ideias com outras pessoas. Basta pensar nisso como uma variedade de métodos para entrar em contacto com pessoas por todo o mundo. Quais são as principais redes sociais? Entre as várias redes sociais que existem, podemos destacar algumas que você não pode considerar a ideia de excluí-las dos seus projectos sem conhece-las:

  • Seu blog

Deixe-me ser muito franco sobre isso. Seu blog ainda é a mais importante ferramenta social. Alguns “especialistas” podem discordar com isso, mas é o seu blog a base de todas as suas outras actividades nas redes sociais. Veremos isto mais tarde….

  • Facebook

Facebook não é apenas um mundo de perfis de pessoais que partilham fotos desinteressantes do seu jantar com seus amigos e outras coisas. Na verdade, é uma ferramenta  muito importante que pode fazer com que milhares de pessoas  interajam com o seu negócio on-line e off-line. As pessoas podem  fazer “check in” no seu estabelecimento pelo telemóvel, partilhar sua página com os seus amigos e muitas outras coisas simples, que podem dar um boost no seu negócio.

  • Twitter

Se o Facebook é para manter contacto com os amigos, o Twitter serve para acompanhar as pessoas que lhe interessam de alguma forma. É uma óptima maneira de manter as pessoas actualizadas com notícias em tempo real, directamente dos dedos dos repórteres de notícias, celebridades, empresas e pessoas comuns, por exemplo. Também é um bom canal para entrar em contacto com outras pessoas que actuam na sua área.

  • Linkedin

Esta é muito parecida com um currículo online. Não é tão importante para as pequenas empresas, a menos que esteja  procura de outro emprego ou novas oportunidades. É, no entanto, uma boa opção para quem deseja trabalhar online com outras pessoas.

  • Youtube

Sim, o Youtube é uma rede social. O site gira em torno da partilha de vídeos para vários fins, inclusive transmitir informação detalhada sobre o que você oferece. É uma óptima maneira de criar um conteúdo viral ou aumentar a fidelidade dos seus clientes.

  • Google

Esta rede integra a sua vida social com o seu supremo motor de busca. Você pode adicionar pessoas aos seus círculo de amigos e os resultados da pesquisa mudam de acordo com o que os seus amigos recomendam. Agora você também pode ter uma página de negócios. É importante dizer que o Google interliga muitos dos seus serviços (Youtube, Gmail, Pesquisa, Android, etc)

  • As demais

E depois há todas as centenas redes como Foursquare (nada mais que um serviço de checkin social), Pinterest (partilha de imagens de páginas HTML), Flickr (fotos), etc. A boa notícia é que você não vai precisar ficar activo em todas. Na verdade, algumas plataformas  funcionam muito mal para certas indústrias.

Então, quais devo usar?

Esta é uma questão complicada e depende totalmente de seu negócio. Vamos começar por dizer que todos devem possuir uma página no Facebook e um blog, independentemente do tipo de negócio. Depois de adquirir experiência com blogs e Facebook você pode decidir quais outras plataformas sociais deseja usar. Se você realmente quer começar sem ter trabalho, considere reservar uma sessão de consultoria comigo e eu irei guiá-lo neste campo minado da melhor forma possível.

Quais são os principais benefícios das redes sociais?

O principal benefício assenta no facto de você poder atingir milhares de pessoas que você não conseguiria normalmente. Os seus clientes o ajudam no marketing e publicidade do seu negócio, como é caso de quando os fãs do Facebook e seguidores do Twitter partilham as suas experiências com a sua empresa. As redes sociais permitem revelar mais do seu negócio e o que você pode oferecer as pessoas que o seguem.

Onde começar?

Como eu disse antes, você não precisa estar em todas essas plataformas. Graças a Deus. Redes sociais são o meu trabalho e eu ainda não uso todas elas! Aqui estão alguns passos que pode seguir para começar de uma forma simples e acessível.

1. Certifique-se de que possui um site e um blog.

O seu site e o blog são os seu recursos on-line mais importantes. Todas as suas actividades nas redes sociais devem de alguma forma ter em vista o crescimento do seu blog/site e da sua lista de email. Tal como acontece com a maioria das “coisas” on-line, se achar que é muito difícil fazer sozinho, você pode simplesmente contratar alguém para fazer isso por si. Eu eu estou aqui para ajudar no que puder ou indicar um profissional qualificado para guia-lo.

2. Crie uma página no Facebook

Toda empresa deve ter uma página no Facebook, quanto mais cedo melhor. É algo simples de fazer e não precisa de alguém para fazer isso por si. Eu escrevi um guia rápido no Moz Maníacos. Leia Como Criar um Página no Facebook. Depois disso ainda há algumas coisas que pode fazer:

  • Procure as melhores páginas do Facebook

Penso que a melhor coisa que você pode fazer no início, é encontrar algumas das melhores páginas do Facebook, principalmente de empresas do seu sector. Páginas populares o ajudarão a ter uma ideia da coisa certa a fazer e imitar, o Moz Maníacos é uma delas, a Minha não é lá grande coisa, mas por ser a única página de um Problogger moçambicano acaba tendo algum destaque. O conselho é observar a forma como eles interagem com os seus clientes e tentar aplicar na sua página para ver se funciona, com o tempo irá ganhar uma identidade própria.

  • Trabalhe sua página

Entenda que uma página do Facebook não é um perfil – se estiver com dúvidas leia o artigo que recomendei acima. Se você possui um perfil comum para a sua empresa, considere migrar para uma página. Recomendo que leia o artigo do blog brasileiro Midiatismo que ensina Como Converter um Perfil do Facebook em Página.

  • Adicione informação relevante

Certifique-se de adicionar um conjunto muito detalhado de informações, como seu endereço comercial, serviços, horário de funcionamento e o que é que você faz. Seja o mais abrangente possível.

  • Adicione algumas fotos

Clique no link “Fotos” e em seguida, “Criar um álbum”, prossiga adicionando algumas fotos do seu negócio ou portifólio. Crie álbuns para suas várias linhas de produtos e serviços. As pessoas podem agora partilhar com os seus amigos. Não se esqueça de deixar descrições atraentes e elucidativas nas imagens.

  • Adicione uma foto de perfil

Você vai precisar de uma foto de perfil. Eu recomendo que coloque o seu logotipo em alta definição. Ele deve ser de pelo menos 180 pixels de largura.

  • Convide seus amigos

Se já é activo no Facebook  é uma boa ideia convidar todos os seus amigos a “gostar” da página e pedi-los para divulga-la. Isto pode lhe dar um impulso inicial muito importante.

  • Começar a interagir

Agora você pode começar a interagir com os clientes actuais e potenciais. Você pode compartilhar fotos, ideias, dicas – qualquer coisa que irá complementar a sua marca e fazer as pessoas leais a si . Depois deste tour pelo Facebook, já será capaz de seguir para outros mundos.

3. Defina sua necessidade

O próximo passo depois um par de meses no Facebook, quais outras redes trariam benefícios para uma pequena empresa como a sua. Registe-se no Twitter, Google+ e no Youtube e descubra o que “bate” no seu nicho. Se uma delas parece promissora, siga em frente.

Então, o que eu faço nas redes sociais? Qual é objectivo?

1. Aumentar a fidelidade, mostrando o verdadeiro você

As pessoas tornam-se leais a outras pessoas, e não a marcas. Se é proprietário de uma loja de pizza, você pode enviar um “Tweet” falando sobre sua paixão por pizzas e sua história com a arte de fazer pizzas. Você pode falar sobre sua busca pelos ingredientes certos e interagir com outras pessoas que têm paixões semelhantes. As redes sociais são uma óptima maneira de quebrar barreiras. Ao mostrar aos seus potenciais clientes os ser humano por trás do negócio, você está a dar a si mesmo uma chance de ser diferente de todos os outros concorrentes. Eles tornar-se-ão fieis a si. Mostrar o verdadeiro você significa:

  • Usar sua própria voz

Não tente apresentar-se com carácter corporativo. Fale como se estivesse com seus companheiros na hora do almoço ou um cliente de longo prazo na sua loja.

  • Ser honesto

A honestidade é muito importante para que as pessoas possam perceber que não está a forçar as coisas. Lembre-se, trata-se de conexões. Quanto maior chance damos às pessoas de ver o nosso verdadeiro “eu”, mais leais eles tornar-se-ão.

2. Obter feedback consistente

Redes sociais como o Twitter e o Facebook são uma boa maneira de obter feedback dos seus clientes. Funcionam como um inquérito online. Quer saber qual é o nível de satisfação dos clientes do seu café? Vá ao Facebook e pergunte. É preciso que você esteja estar preparado para reacções negativas. O feedback negativo é muito importante, pois ajuda a melhorar os seus serviços.

3. Atender e reclamações rapidamente

Grandes empresas como a Qantas, Vodafone estão a usar o Twitter para lidar com reclamações. De um lado para resolver problemas operacionais, e noutra para melhorar a relação com o cliente. O que temos todos que perceber é que as redes sociais estão aqui para ficar. Se fizer algo mau a um cliente, ele vai falar sobre isso no Twitter.  Então você pode escolher entre ignorá-lo e deixar essa reputação crescer ou você pode ajudar a pessoa a ter seu problema resolvido. Dê-lhes brindes, peça desculpas sinceramente e convide-o a voltar.

4. Criar incentivos incríveis

Deixe-me dar um exemplo de como isso funciona. Vamos supor que você possua uma boutique e deseja que mais compradores cheguem à sua porta. O que você pode fazer é colocar uma placa na sua loja oferecendo 5% de desconto a todos os que fizerem check-in no Facebook dentro da sua loja. O resultado? Por alguns meticais e uma publicação, você consegue comentários de dezenas de pessoass. Todos os amigos do cliente vão saber que ele está na sua boutique e da próxima vez que estes quiserem comparar roupa terão sua loja na lista. Os incentivos podem ser muito simples ou podem ser complexos e mais gratificantes. Mas também não tenha medo de oferecer coisas sem receber nada em troca.

5. Capitalizar e impulsionar o seu marketing boca a boca

As redes sociais podem ajudá-lo a aumentar massivamente seu marketing boca a boca. Mesmo que possua uma empresa de renome, se não possuir uma página no Facebook, como é que as pessoas irão indicá-lo aos seus amigos da rede?

6. Compartilhe fotos para aumentar localização e conhecimento do produto

Se você tem um negócio com uma localização física, então faça upload de galerias de fotos, como forma de introduzir as pessoas à sua localização e como o é feito o seu trabalho. Como pode perceber, a sua actividade nas redes sociais será nada mais do que criar conexões reais com as pessoas. Ao compartilhar fotos e outro tipo de conteúdo, estará a quebrar “barreiras web” e mostrar ás pessoas que seu produto é realmente muito bom.

7. Aumente sua lista de endereços de email

Alguns profissionais de vendas na Internet afirmam que uma lista de emails com 10.000 de assinantes vale pelo menos US $ 100.000 por ano para seu negócio. Com isso em mente, você precisa usar as redes sociais para começar a capturar o maior número de assinantes por email possíveis. Aqui estão algumas razões:

  • Você pode promover novos produtos
  • Você pode promover eventos
  • Você pode obter ajuda

8. Realizar concursos para aumentar os seguidores

Concursos no Facebook são muito populares hoje, empresas como Vodacom e Mcel apostam muito neste recurso para a conquista do público. Isto consiste basicamente de oferecer um prémio muito atractivo, a fim de atrair mais seguidores no Facebook e passar a palavra sobre o seu negócio. Tenha cuidado, porém, porque alguns concursos são contra os termos de serviço da rede social e sua página pode ser banida.

9. Estudar, estudar, estudar

Há muitas pessoas inteligentes pelo mundo que fazem coisas incríveis com as redes sociais. É importante estudar como eles fazem isso. Estude algumas das empresas do seu ramo que estão a colher resultados sérios com as redes sociais. Esta é apenas a ponta do iceberg das redes socias. Mas não se preocupe, você não precisa saber tudo de uma vez. Comece com um site, blog e página no Facebook e de lá prossiga. E se você quiser falar com alguém que já tenha feito isso antes (para muitas empresas), você pode solicitar a minha ajuda.

Matope José

Empreendedor e Consultor. Escreve sobre Marketing Digital, Empreendedorismo Online e Oportunidades de Negócios Digitais.

Click Here to Leave a Comment Below

Jose Tamele - last year Reply

Boa Tarde

Adorei o site assim como o seu conteudo.
Estou numa fase embrionario para comecar o meu negocio, ha muito que aprender e inspirar se.

Saudacoes

Willy - a couple of months ago Reply

Boa Tarde,

Caríssimo José Matope, e de salvaguardar a sua contribuição,inspeccao, e ajuda para muitos de nós. Eu já estou numa fase acelerada e em desenvolvimento.So que me falta Recursos Humanos qualificados devido a gestão de tempo.

Agradecia uma troca de impressão d modo a perpectivarmos os níveis de negócios doravante…

Leave a Reply: